imprensa

Comitiva do Samae faz visitas técnicas na maior empresa de saneamento do país

A semana foi de muito conhecimento e aprendizado para cinco profissionais do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque. De segunda, 13 de setembro, a quinta-feira, 16, a comitiva esteve na capital paulista, onde realizou uma série de visitas técnicas na Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

A viagem contou com vários objetivos. Dentre eles, um dos principais foi o de conhecer políticas públicas, ações e projetos que possam ser adaptados à realidade brusquense e implementados no Samae. O itinerário contou com visitas em diversos setores internos da empresa de saneamento e, também, à Estação de Tratamento de Água Alto da Boa Vista (ETA ABV) e Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) São Miguel.

“A experiência foi muito valiosa, pois se trata da terceira maior companhia de saneamento do mundo e a maior do Brasil”, explica Eduardo Fernandes, diretor de Expansão e integrante da comitiva do Samae Brusque. “Ela é referência para qualquer companhia de água. Então, poder ver de perto o trabalho da Sabesp, conhecer a forma deles trabalharem, é realmente muito importante. Agora, vamos passar as informações para o restante da equipe técnica, onde pretendemos usar toda essa experiência pra aplicar aqui”.

Além de Eduardo, também participaram da viagem técnica: Ana Júlia Feuzer Matos, engenheira ambiental; Mylena Abelino Rubituci, chefe do setor de Gestão Ambiental; Ricardo Bortolotto, químico; e Wilson Schmidt Junior, coordenador de Comunicação Social do Samae Brusque.

“Tivemos algumas reuniões técnicas com o pessoal de Gestão de Perdas e Gestão Ambiental da Sabesp, e conhecemos também os laboratórios de Hidrometria e Macromedição”, explica Ricardo Bortolotto, responsável pelos processos químicos do Samae. “É sempre bom essa troca de conhecimentos, pois apesar de sermos pequenos perto da Sabesp, temos que perseguir o mesmo padrão de qualidade”.

De acordo com a engenheira ambiental Ana Júlia Feuzer Matos, a partir da visita técnica na Sabesp foi possível vislumbrar outra realidade, sobretudo por conta das proporções envolvidas. Basta levar em conta o fato de a companhia atender, diariamente, cerca de 28 milhões de consumidores no estado de São Paulo.

“Verificamos que muitas das coisas que fizemos aqui no Samae estão no caminho correto, mas que temos um grande caminho ainda para avançar”, salienta. “Foi bastante produtivo e tiramos várias ideias do que realizar aqui para melhorar o sistema de tratamento como um todo”.

Mylena Rubituci, chefe do setor de Gestão Ambiental do Samae, considera a visita na Estação de Tratamento de Esgoto um dos pontos altos do itinerário. “É uma forma de estarmos nos preparando para quando tivermos o início do tratamento de esgoto em nossa cidade”, comenta. “A parte de Gestão Ambiental também foi muito interessante e proveitosa. Discutimos sobre ideias que temos no Samae e eles nos apresentaram ideias que eles possuem na Sabesp”, conclui.

Comunicação Social

Além de cumprir uma agenda no setor de Comunicação da Sabesp, o coordenador de Comunicação Social do Samae, Wilson Schmidt Junior, também conheceu a estrutura da Secretaria Especial de Comunicação do Estado de São Paulo, da divisão de Comunicação da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) e, também, da Câmara Municipal de São Paulo.

“Essa viagem certamente representa um divisor de água para o que pensamos e o que queremos aplicar em Comunicação Social”, descreve o servidor. “Coletamos várias boas práticas utilizadas nestes espaços em que estivemos e com certeza muitas delas serão adaptadas para a realidade da autarquia”.